Nacional

Professores a 60 quilómetros da escola

O Governo assegurou, esta segunda-feira, que nenhum professor poderá ser colocado a mais de 60 quilómetros da escola onde é efetivo. Além disso, estão sobre a mesa duas novas propostas: alargar no tempo a aplicação da mobilidade especial e conseguir uma contagem diferenciada para os docentes. 

Mobilidade especial e horário de trabalho estão sobre a mesa (Fotografia: paginaglobal.blogspot.com)

Mobilidade especial e horário de trabalho estão sobre a mesa (Fotografia: paginaglobal.blogspot.com)

O secretário da Administração Escolar, João Casanova de Almeida, anunciou, hoje, a alteração aquilo que estava previsto até agora. Os docentes podiam ser colocados a 200 quilómetros da escola, com a nova medida, a distância máxima é de 60 quilómetros.

Durante a manhã, o ministério da Educação reuniu com vários sindicatos independentes e a Fenprof. Criar condições para a aplicação da mobilidade especial e rever as 40 horas de trabalho são outras medidas que ainda estão a ser estudadas pelo Governo.

Além disso, segundo o jornal i, Casanova de Almeida está a prever alargar o tempo da aplicação da mobilidade especial e fazer uma contagem diferenciada aos docentes.

Patrícia Silva

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s