Nacional

Primeiro fato de surf adaptado é português

O primeiro fato de surf concebido a pensar nos deficientes que praticam surf  é português. O fato é feito à medida e consoante as necessidades do praticante, dá mais autonomia ao surfista numa nas manobras mais difíceis de concretizar: vestir o fato.

Nuno Vitorino, presidente da Associação Portuguesa de Surf Adaptado (SURFaddict), é o pioneiro do conceito. O protótipo foi produzido pela marca Janga Revolt, é uma criação exclusivamente portuguesa.

“Este fato foi idealizado pela SURFaddict e a Janga fê-lo. É o primeiro fato adaptado do mundo, tem velcros em baixo para permitir vesti-lo como um calção”, explica o antigo nadador paralímpico. “É um fato totalmente português. Foi totalmente concebido em Portugal, só não foi produzido cá porque não existem fábricas que trabalhem neoprene, mas os detalhes técnicos e o desenho foram todos feitos em Portugal.” acrescenta.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s