Cultura

Arte sobre carris

Uma das mensagens do projeto (Fotografia: TVI24)

Uma das mensagens do projeto
(Fotografia: TVI24)

As viagens de comboio são sempre penosas, pelo menos para quem as faz com alguma frequência. O mesmo comboio, o mesmo assento, a mesma janela, a mesma vista. Mudam as pessoas, é certo, mas como nenhuma delas nos diz nada acaba por ser indiferente se, diante de nós ou no banco ao lado, está sentada a dona Maria, o senhor Manuel ou o rufia lá do bairro.

Para acabar com tamanha pasmaceira, a CP aceitou a proposta da associação P28 e, até ao final do ano, alguns comboios vão ter vista para a arte.

O projeto JANELA vai transformar algumas carruagens das linhas de Braga, Porto, Aveiro e Lisboa em verdadeiras galerias de arte. Seis artistas plásticos foram convidados para redecorar, sobretudo, o interior destes espaços. Um deles, e talvez o de maior destaque, é Alexandre Farto, ou “Vhils”, conhecido por esculpir retratos em paredes.

“Tens medo que faça amor contigo?”, “Sou infeliz”, “Precisamos de falar”, “Amo-te mas não como tu pensas” ou “A vida ri-se de mim” são algumas das frases que já foram coladas nas janelas das carruagens. São mensagens, aplicadas em vinil, que deixam adivinhar conversas atípicas ao longo das viagens sobre carris.

Sandro Resende, diretor artístico do projeto JANELA, disse à agência Lusa que “a arte urbana é muito importante numa cidade, seja nas paredes, seja nas carruagens, e isto não vem substituir nem uma coisa nem outra” e acrescentou que “é essencial que as coisas andem um bocadinho mais para a frente”.

Ele diz, e eu concordo. Arte urbana não é, de todo, sinónimo de vandalismo e, quem assim pensa, contínua a viver no século passado. Devemos agradecer porque há gente que trabalha, gasta tempo e dinheiro, para que nós possamos apreciar obras de arte sem ter de pagar nada por isso.

A rotina preenche-nos o dia-a-dia. E, por isso, sabe tão bem sair à rua e dar de caras com um grafiti que valha a pena olhar ao pormenor, com um violinista que espalha magia ou, porque não, com um mágico que nos faz sorrir no final de mais um dia.

Este projeto vai ser oficialmente inaugurado esta terça-feira. Para o conhecer, basta picar o bilhete e sentar-se à JANELA.

Patrícia Silva

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s