Internacional

David Cameron apoia referendo sobre continuação na EU

O Partido Conservador vai apresentar no parlamento britânico um projeto de lei que, se for aprovado, obrigará o primeiro-ministro britânico a realizar um referendo sobre a continuação do Reino Unido na UE, em 2017.

David Cameron apoia um projeto de lei do Partido Conservador que propõe a realização de um referendo no final de 2017 sobre a continuação do Reino Unido na União Europeia (UE), escreve a Reuters, citada pelo jornal de Negócios.

O partido de David Cameron “examinará todas as possibilidades” de levá-la ao parlamento, garantiu em comunicado.

Um projeto de lei apresentado por um partido tem menor probabilidade de ser aprovado no parlamento, do que se proposto pelo Governo, reconheceu o ministro dos Negócios Estrangeiros, William Hague, à Bloomberg.

O Partido Conservador governa em coligação, não tendo maioria parlamentar. Para que este projecto de lei seja aprovado, os deputados de outros partidos terão de apoiar a proposta.

Ao apoiar o projeto de lei que obriga a realização do referendo sobre a continuação do Reino Unido na Europa, Cameron cede pela segunda vez, este ano, às exigências do Partido Conservador. Em Janeiro, David Cameron prometeu renegociar os termos da adesão do Reino Unido à UE, de forma a diminuir a influência da organização nas decisões do país.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s