Nacional

RTP Porto exige medidas contra agressões

A agressão de um trabalhador da estação televisiva levou à indignação da Subcomissão de Trabalhadores da RTP/Porto, que exige medidas de proteção para estes casos

RTP porto exige medidas para prevenir situações semelhantes(fonte: zapping-tv.com)

RTP afirma ser necessário apurar com rigor os factos
(fonte: zapping-tv.com)

No passado sábado, um profissional da estação de televisão foi agredido por um adepto do Boavista durante a cobertura da assembleia geral da Liga Profissional de Futebol Profissional.

A situação desencadeou a indignação da Subcomissão de Trabalhadores da RTP/Porto, que em comunicado classificou estas agressões como “inaceitáveis e cobardes” e apelou para que sejam tomadas medidas para prevenir situações idênticas.

É necessário “que se apurem com rigor os factos ocorridos e se tomem as medidas necessárias para prevenir futuros acontecimentos do género, garantindo a segurança dos profissionais da RTP”, afirmaram os representantes da Subcomissão.

“O desprestígio a que os profissionais da RTP têm vindo a ser sujeitos, com os sucessivos ataques à sua dignidade profissional, deve fazer refletir todos os que irresponsavelmente insistem em diminuir publicamente o nome da RTP e de quem nela, de facto, trabalha”, escreveu ainda a Subcomissão de Trabalhadores da estação pública.

Os membros da subcomissão reconhecem que ainda assim que “apesar dos danos causados à viatura e do natural desgaste psicológico que a situação provocou, não se terem registado danos físicos significativos”.

Já os trabalhadores da RTP/Porto, recordam que “Não devemos esquecer os contornos essenciais do episódio deste sábado: alguém, certamente desprovido do mais elementar bom senso, considerou que um carro de exteriores da RTP daria um excelente local para pendurar um gigantesco estandarte de um clube de futebol, trepando ao cimo do carro e danificando-o, sem mostrar o mínimo respeito por quem ali trabalhava e pelo equipamento em causa”.

Também os repórteres do Porto Canal tiveram de se conter para que não houvesse agressões por parte dos cerca de 400 adeptos que se encontravam no local, tendo havido uma tentativa de agressão à equipa de reportagem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s