Pessoas

À conversa com Rosa Villa

«Gosto sobretudo de representar»

Rosa Maria Villa – atriz de Teatro , Televisão e Cinema. No seu currículo contam mais de 50 produções nacionais . Natural de Sacavém, esta atriz já passou por todos os canais generalistas. Convicta que o nosso país passara por tempos melhores, acredita que fazer rir e chorar não é fácil .

afdfdfsfsf

Começou a sua carreira em 1987 em televisão em ‘ A Borboleta na Gaiola” – As diferenças na ficção são muitas?

As diferenças que existem são nos meios utilizados e porque hoje em dia existe mais ficção visto existirem mais canais de televisão, o que permite mais produção de ficção nacional. Quando comecei existia a RTP 1 e 2, sendo que a RTP 2 tinha pouca ficção portuguesa.

 É atriz de teatro, cinema e televisão. Há algum género que goste mais?

Gosto sobretudo de representar.

Há quem diga que para televisão há uma forma de representar diferente do teatro e do cinema? Concorda?
Os três géneros são diferentes, têm «respirares» diferentes.

 Já participou em várias sitcom. Acha que fazer rir é fácil?

Fazer rir ou fazer chorar não é fácil. Os dois têm tempos de representação diferentes.

Atualmente as televisões fazem poucos programas de humor. A televisão fica mais pobre, num tempo em que queremos todos rir. Porque acha que este estilo de fazer televisão ficou guardado na gaveta?

Acho que é cíclico. Penso que os canais de televisão estão virados para outro tipo de formatos menos humorísticos, neste momento, mas daqui a uns tempos tudo muda.

Em 2011 integrou o elenco fixo da série Morangos com Açúcar. Acha que a série teve um importante impacto nos mais jovens formando novos atores?

A série Morangos com Açúcar foi muito importante, foi uma escola de formação e de onde saíram actores com muito talento.

« Em Portugal sempre passaram novelas brasileiras, e que sempre tiveram público fiel, mas que não tiram publico às que são feitas em Portugal (…) »

Série - Morangos com Açúcar

Série – Morangos com Açúcar

Atualmente fomos invadidos de novo pelas novelas brasileiras, acha prejudicial para os atores portugueses esta viragem?

Em Portugal sempre passaram novelas brasileiras, e que sempre tiveram público fiel, mas que não tiram publico às que são feitas em Portugal desde que o argumento seja bom. Tenho amigos que seguem novelas portuguesas ao mesmo tempo que seguem algumas brasileiras.

« O  Teatro Rápido é um espaço muito importante no coração de Lisboa, onde se fazem grandes peças de teatro com a duração de 15 minutos (…) »

Os elencos das novelas cada vez são mais pequenos, já sentiu a falta de convites para televisão?

Hoje em dia os elencos são de facto mais pequenos, mas eu tenho sempre trabalho, às vezes com participações pequenas

Participou no Teatro Rápido com a peça « A Mãe da Noiva» e mais recentemente com « Não és tu, sou eu». Acha

Teatro Rápido - A Mãe da Noiva

Teatro Rápido – A Mãe da Noiva

importante estas iniciativas ?

O  Teatro Rápido é um espaço muito importante no coração de Lisboa, onde se fazem grandes peças de teatro com a duração de 15 minutos, que deu a conhecer novos autores brilhantes. É um desafio a qualquer ator em 15 minutos contar uma história de vida, acho um espaço maravilhoso.

Se fosse diretora de programas nas atuais grelhas de televisão que mudaria?

Não gostava de ser directora de programas de televisão. Gosto muito do trabalho que faço, adoro a minha profissão, só faço trabalho de gabinete quando é para produzir os meus próprios espetáculos. Deixo esse trabalho para quem o sabe fazer.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s