Em Foco

0s “22” de Lisboa

Um estudo de 2009 revela que Lisboa hospeda cinco mil edifícios abandonados num total de 57 mil.

Grafiti by Blue e Gemêos

Grafiti by Blue e Gemêos, nos edíficios da Av. Fontes Pereira de Melo, Lisboa.

Numa das artérias mais centrais da capital, a Av. Fontes Pereira de Melo, está um belo conjunto de três edifícios da passagem do século XIX/XX, que aguarda destruição. Os três prédios foram “esventrados” há uma boa dezena de anos para um projeto imobiliário que nunca avançou e neste momento servem de tela a à intervenção de artistas como o italiano Blu e dos brasileiros Gemêos.

No centro de Lisboa, o preço do metro quadrado varia entre 2.500 e 3.100€, chegando por vezes a atingir os 4000€ como é o caso da zona do Saldanha. Porque é que numa zona onde o metro quadrado é o mais caro existem estes prédios devolutos?

Os edifícios pertencem ao Millenium BCP, na sequência de um empréstimo infeliz e de um negócio mal conseguido, o banco “apoderou-se” dos imóveis. Sabe-se que os edifícios estão à venda, mas não se sabe para quando. Quando contactado, o Millenium BCP não disponibilizou qualquer informação acerca do assunto. A principal razão de ainda não terem sido vendidos é o facto de ser proibido deitar a baixo as fachadas. As fachadas dos três imóveis têm que ser preservadas, e reabilitadas e com isso o valor da obra pode triplicar.

Esta é uma imagem que se repete em zonas mais caras. Entre lojas de luxo, hotéis, bancos e empresas multinacionais espreitam edifícios em avançado estado de degradação.
Não existirá uma entidade que os queira comprar e transformar em hotéis de luxo? Seria uma solução mais digna do que tapá-los com coloridas vestes e deixá-los morrer lentamente.
Gostaríamos todos de ver Lisboa pintada e a brilhar, mas por mais boa vontade que cada um tenha, essa não é a realidade. A degradação dos edifícios e o elevado custo do metro quadrado empurram os habitantes jovens para fora de Lisboa, e transformam-na numa cidade cada vez mais despovoada.

Como o número 22, 24 e 26 da Fontes Pereira de Melo há milhares alinhados à espera do fim.

Mafalda Pessanha

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s