Nacional

Aberto inquérito sobre morte do jovem na Bela Vista

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) abriu um inquérito para apurar mais detalhes sobre a morte do jovem que se despistou no seguimento de uma perseguição policial. O acidente aconteceu no sábado, perto do bairro da Bela Vista, em Setúbal.

Polícia e moradores têm opiniões diferentes sobre a morte do jovem de 18 anos(Fotografia de: sensivelmenteidiota.blogspot.com)

Polícia e moradores têm opiniões diferentes sobre a morte do jovem de 18 anos
(Fotografia de: sensivelmenteidiota.blogspot.com)

No sábado, um jovem foi perseguido pela polícia depois de ter passado um sinal vermelho. O motociclo em que seguia despistou-se e o rapaz de 18 anos acabou por morrer na zona das Manteigadas, perto da Bela Vista, em Setúbal.

Segundo a agência Lusa, a Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) abriu um inquérito no próprio dia do acidente, sábado 16 de março. O prazo para que o caso esteja resolvido é de 45 dias.

A versão da PSP, que admite terem sido disparados dois tiros de intimidação que não acertaram no jovem, é diferente da opinião de alguns moradores que culpam a polícia pela morte do rapaz.

Ainda no sábado, e na sequência desta morte, alguns grupos de jovens vandalizaram o Bairro da Bela Vista. No domingo, mais de três contentores do lixo foram incendiados por grupos de jovens que já foram identificados pela PSP.

Reforço no policiamento

Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal, assegura que Miguel Macedo, ministro da Administração Interna, vai responder nos próximos dias ao pedido de mais policiamento de proximidade no bairro da Bela Vista.

A autarca apresentou hoje os projetos que estão a ser desenvolvidos na zona, previstos no programa ‘Nosso Bairro, Nossa Cidade’.

A ser aceite o pedido, os polícias de proximidade começam a trabalhar com a Câmara de Setúbal neste projeto e têm como principal função a sensibilização da população para as questões de segurança, “evitando casos como o de Rúben Marques que morreu quando a moto em que seguia, sem usar capacete, se despistou, durante uma perseguição policial”, disse ao Público a autarca setubalense. Acrescentou, ainda, que esta é a melhor forma de complementar o trabalho de reinserção social que se tem vindo a desenvolver.

Patrícia Silva

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s