Em Foco

Profissão: Comentador? Relatador? Qualquer coisa com desporto…

Jornalista, comentador, narrador,  os três num só, um para cada coisa, nenhum de nada, ou todos de algum. Confuso? É caso para isso.

A profissão de relatador desportivo em Portugal é ainda uma “área escondida” da comunicação e do jornalismo que hoje tentamos esmiuçar e clarificar. Mas não é só com os relatadores. Também o comentário desportivo leva o adepto de desporto a muitas vezes não perceber bem quem faz o quê, e o que compete a cada um.

Quem não se lembra deste momento fantástico do desporto nacional?

Quem não se lembra do relato, emocionado, vibrante e orgulhoso de Jorge Perestrelo neste Portugal x Inglaterra?

Jorge Perestrelo foi o ícone da rádio portuguesa, no que toca a relatos de futebol. Com o engenho das palavras, o poder da voz, e um vocabulário que guarda expressões como “ripa na rapaqueca”, “revienga”, Jorge Perestrelo tornava um jogo desinsteressante, na final do campeonato do Mundo.

Relatador/Comentador

Qual a diferença destas duas profissões?
O relatador é a pessoa que conta os acontecimentos tal e qual estão a acontecer. Por exemplo, descreve um lance, conta quem marcou o golo, enumera dados estatisticos. O comentador por seu lado é a pessoa que explica como aconteceram as situações: como se desenvolveu a jogada, o porquê de determinada opção técnica, as mudanças de estratégia.

Formação especifica

Formação de comentadores desportivos com Carlos Barroca

Formação de comentadores desportivos com Carlos Barroca

Cada vez há mais desporto na televisão portuguesa. Somos consumidores de desporto diariamente e não param de abrir canais ligados ao futebol mas não só. Então afinal, quem quiser ser comentador, relatador, ou fazer qualquer coisa na comunicação desportiva em Portugal, por onde começar? Não havendo formação específica, como se chega lá?

A via do jornalismo é a primeira opção. No entanto, após a formação tirada, nada garante que seja colocado numa editoria de desporto. Porventura com sorte e algum trabalho poderá lá chegar, no entanto, os cursos de comunicação social e jornalismo, não especializam ninguém na vertente desportiva.

O ISLA lecciona atualmente uma Pós-Graduação em comunicação e jornalismo desportivo, numa parceria com o Real Madrid, e é uma das ofertas de especialidade em Portugal. A empresa Singularway desenvolveu com o comentador da Sporttv, Carlos Barroca, um curso de comentadores desportivos.

No entanto, para além destes dois exemplos, não há grande especialização, nem formação dada no desporto.

Para quando uma mulher?

Mulheres e desporto em Portugal ainda parece dificil. Este é um assunto em que Portugal vive nos anos 70. Consegue-se contar pelos dedos, o número de senhoras com posições de destaque no meio do jornalismo desportivo. Comentário nem vê-las, relatos então nem pensar…

Cecilia Carmo foi em tempos uma das jornalistas de referência do desporto na RTP, apresentado vários programas. Cláudia Lopes na TVI é atualmente a mulher mais ativa no jornalismo desportivo feminino. “Se tiver talento não tem problema nenhum, mas terá de vencer muitos tabus e preconceitos”, afirma João Ricardo Pateiro, relatador da TSF em entrevista ao Clic Etic.

O que é preciso para ser um bom relatador?

“Para ser um bom relatador, é preciso uma grande capacidade de descrição”. Esta é a ideia chave! No entanto, diz-se muito que há falta de “bons comentadores/relatadores”. Como em todas as conversas de café, há teorias para tudo: Ora são os comentadores que não têm experiência de campo e não sabem do que estão a falar, ora são os jornalistas que são factuais e não têm sensibilidade, ora são ex-jogadores e treinadores que têm a sensbilidade mas não sabem comunicar.

Como em tudo, a verdade estará um pouco em cada uma das teorias, mas para João Ricardo Pateiro, fazer um relato (rádio) de um jogo é “como na escola se faziam os desenhos a partir dos pontos. Relatar é dar às pessoas o máximo de pontos possíveis para que o desenho na cabeça se torne o mais real…”. “O relato pode ser feito por um entretainer, mas o jornalista dá-lhe rigor, credibilidade, isenção”.

Casos de sucesso

Luís Freitas Lobo é atualmente um dos comentadores mais conceituados do país.(Foto: www.planetadofutebol.com)

Luís Freitas Lobo é atualmente um dos comentadores mais conceituados do país.
(Foto: http://www.planetadofutebol.com)

Luís Freitas Lobo é talvez o maior case study da comunicação desportiva em Portugal. Do blogue/site “planeta do futebol” para os jornais e televisões nacionais, por revelar um talento e um interesse fora do comum pelo estudo das equipas e dos jogadores. Hoje é comentador sporttv e um dos mais respeitados comunicadores desportivos da nossa praça.

Carlos Barroca e Luis Avelãs a comentar um jogo da NBA

Carlos Barroca e Luis Avelãs a comentar um jogo da NBA

Carlos Barroca é ainda mais especial. Considerado por muitos um dos melhores no que faz. Barroca é atualmente o narrador/comentador dos jogos da Liga Norte-Americana de Basquetebool (NBA) na Sporttv, e o “faaaaantástico” (expressão que usa na despedida das tramsissões) é a sua imagem de marca. Por ser o basquetebol, ou simplesmente por ser Carlos Barroca, quando comenta um jogo consegue aliar o relato do que se passa, com um comentário divertido e bem disposto, promovendo até a interactividade com as pessoas que acompanham em direto as transmissões.

João Ricardo Pateiro, em entrevista ao Clic Etic, no Ritz Clube, em Lisboa

João Ricardo Pateiro, em entrevista ao Clic Etic, no Ritz Clube, em Lisboa

João Ricardo Pateiro marca claramente pela diferença. O relatador dos jogos da TSF é atualmente uma referência da rádio portuguesa, pela qualidade dos seus relatos, mas também pelas já famosas músicas que criou para cada jogador que marca um golo. Jornalista de profissão, João Ricardo Pateiro dá uma alegria ainda mais contagiante a esta profissão que considera “um dos géneros jornalísticos mais difíceis de fazer”.

Foi com este último que o Clic Etic conseugiu uma entrevista exclusiva, onde nos responde à pergunta do dia, às questões que abordámos, e não só… Veja o video e entusiasme-se pela profissão. Torne-se relatador desportivo!

O video seguinte é um exemplo de como João Ricardo Pateiro tornou o relato do jogo de futebol ainda mais divertido de ouvir.

(fonte: youtube)

Formação Especifica: https://www.isla.pt/oferta-formativa/pos-graduacoes/pos-graduacao-em-comunicacao-e-jornalismo-desportivo

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s