Nacional

Afonso Dias condenado pelo rapto de Rui Pedro

O arguido Afonso Dias foi condenado a 3 anos e 6 meses de prisão pelo Tribunal da Relação do Porto, pelo rapto do jovem Rui Pedro, em março de 1998, na Lousada.

A Relação do Porto deu provimento ao recurso apresentado pelo Ministério Público e pela família de Rui Pedro, condenando o único arguido do processo, apontado como a última pessoa a ver a criança antes de esta ter desaparecido.

O Tribunal alterou assim a decisão da primeira instância, do Tribunal de Lousada, que tinha absolvido Afonso Dias, por considerar que não existiam provas do seu envolvimento no rapto do menor.

“É a primeira vitória, mas não é a última porque a última será quando soubermos o que aconteceu ao Rui Pedro”, afirmou o advogado Ricardo Sá Fernandes à TVI.

Porém, a defesa do arguido, que se mostrou surpreendida com a decisão, vai recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s