Nacional

Nova associação de cinema português junta 30 produtores

A Associação de Produtores de Cinema e Audiovisual nasce com o objetivo de dar mais visibilidade ao setor e mostrar que este é economicamente relevante.

Paulo Branco, António de Cunha e Telles e Rui Simões são alguns dos nomes que figuram na lista de produtores que decidiram juntar-se com e criar a APCA (Associação de Produtores de Cinema e Audiovisual).

Fernando Vendrell, um dos membros da direção, considera que esta é “uma iniciativa ampla de um grupo de produtores de cinema, e que fazem ficção de qualidade para televisão, que querem dar a conhecer uma atividade que é economicamente relevante”.

Vendrell explica que além de querer dar a conhecer com regularidade a produção cinematográfica, a APCA quer também focar-se na internacionalização do cinema português, marcando presença nos mercados que decorrem nos principais festivais internacionais, como o de Cannes, em França.

Apesar de atualmente existirem em Portugal várias associações do setor, Fernando Vendrell considera que a união de vários produtores numa só organização é importante numa altura “em que o setor está muito fragilizado”.

Segundo o produtor, a produção cinematográfica portuguesa “tem capacidade de empregabilidade e representa um volume de negócios grande”, ainda que tenha sentido nos últimos anos os efeitos da crise e devido à ausência de concursos públicos de apoio financeiro em 2012.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s