Light

Já se pode ir à missa no twitter?

Bento XVI foi o primeiro pontífice a criar uma conta nesta rede social, Joseph Ratzinger aderiu ao Twitter no dia 12/12/12, supersticioso com a data ou não, deu a sua primeira benção on-line na manhã daquele dia.

papa


O pergaminho estava para Jesus como o Twitter está para Papa.

Na mensagem deixada aos fiéis o Pontífice agradece a “resposta generosa” à sua entrada nesta rede social e abençoa os seus seguidores, mas não “directamente”, já que os seus tweets são feitos por um assistente.

A notícia sobre a renúncia do Papa alastrou-se no Twitter, gerando 1,5 milhões de comentários nas primeiras 36 horas, mas desses, um terço eram negativos, criticando o Papa ou a Igreja Católica, e 38% eram piadas. Apenas 7% eram positivos, nada de surreal, tendo em conta que é na Internet que acontecem o maior número de ataques, e também os mais fáceis, os anónimos. Mas provavelmente o “bullying” on-line que o papa sofreu não lhe tirou horas de sono, como tira a Miguel Relvas o desemprego jovem.

Bento XVI nos últimos anos tem sido alvo de duras críticas por parte da opinião, falo por exemplo da postura pouco clara em relação aos crimes sexuais contra menores nos EUA, e a sua firme negação do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo em todo o mundo. Ainda quanto aos crimes sexuais houve um importante documentário feito pela BBC intitulado Sexo, Crimes e Vaticano, que acusa o Papa de liderar o “encobrimento” de casos de pedofilia.
O Papa defende ainda a necessidade de moralidade sexual, ou seja para ele, “a única forma segura de prevenir a SIDA é nos comportarmos de acordo com a lei de Deus”, condenando o uso de preservativos, o que é criticado por muitas correntes sociais. Em 2007 reafirmou que a Igreja Católica é a “única verdadeira” e a “única que salva”, o que provocou muitas críticas de igrejas protestantes.

Criticas à parte, o Papa na sua conta principal do twitter até a data, tem 1.575.620 seguidores.
Na Internet, o Vaticano está presente nas redes sociais onde tenta alcançar os mais jovens com uma aplicação para o Facebook, um canal no Youtube e até uma “app” para o iPhone, o que faz da religião Católica pioneira nesta área.
Apesar de ser de louvar, esta tentativa de aproximação e adaptação da igreja à realidade do séc.XXI, eu pergunto, como é possível serem tão desenvolvidos numas coisas e tão retrógrados noutras?

Bem, de uma coisa temos a certeza, o legado do Papa Alemão nas redes sociais foi curto, a Rádio Vaticano anunciou que a conta de Bento XVI no Twitter vai ser fechada assim que acabar o seu pontificado.

Espera-se que o último tweet de Bento XVI seja no dia 28 de Fevereiro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s