Nacional

“Grândola Vila Morena” volta ao ataque

Numa visita ao quartel dos bombeiros de Espinho, os populares entoaram trechos da música a Miguel Macedo.

Depois das polémicas interrupções dos discursos de Paulo Macedo e de Miguel Relvas pela parte de manifestantes, foi a vez do ministro da Administração Interna ser interrompido pelo hino de José Afonso.

Vários populares de Espinho entoaram alguns trechos da música “Grândola, Vila Morena” a Miguel Macedo, sendo no entanto separados por uma distancia de 50 metros do governante, pois a estrada encontrava-se cortada à circulação.

Miguel Macedo deslocou-se ao quartel dos bombeiros voluntários espinhenses para assinar o protocolo que pretende criar o agrupamento entre aquela corporação e os bombeiros voluntários de Espinho.

A circulação nas ruas foi cortada ao público, sendo que os manifestantes apenas se puderam fazer ouvir nos momentos em que banda dos bombeiros não estava a tocar.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s