Púlpito

Insólita Violência

Insólito – Do Latim «INSOLITUS», « não-costumeiro, estranho».

Violência Do Latim «VIOLENTIA», « a força que se usa contra o direito e a lei».

Ambas as palavras oriundas do Latim poderiam estar, intrinsecamente ligadas. Desde os princípios da existência da humanidade, que o homem usou a força para conquistar, seja em terra, seja em mar. Muitas vezes essa violência foi usada como meio de sobrevivência, muitas vezes, como no caso dos Romanos, foi usada como forma de pura diversão. Quem não se lembra do filme «Gladiador» ou da série «Spartacus»?. Sim, esses mesmos, onde vemos escravos treinados como animais para, num determinado dia, morrerem a lutar pela sua liberdade ou simplesmente porque o seu « Dominus» ou « Domina » estava com um dia maçador e apeteceu-lhe « apimentar» o dia. É insólito não é?

Por outro lado, os animais, por sua proteção ou por seu puro instinto atacam-se mutuamente por territórios ou por comida. Quem nunca viu dois cães a atacarem-se quando estão a comer. Chama-se a isso ganância canina, mas quando a comida termina, tudo volta ao normal. Pelo menos, nos meus acontece isso.

Romanos à parte e ganância canina de lado. Vou chegar finalmente ao assunto desta crónica. Este mês, todos nós fomos surpreendidos com um vídeo de duas mulheres a serem agredidas em Luanda, num armazém por vários homens, armados com bastões, mangueiras e paus. No mínimo chocante. Continuemos. A questão que se levanta agora é: Que crime terão cometido estas mulheres? A resposta surge agora: roubaram uma garrafa de champanhe e um sabonete. Aqui volto ao exemplo canino – Será uma simples luta de comida como acontece com os nossos animais de estimação? Há vozes que dizem que os animais nunca poderão ser comparados aos humanos – nós somos racionais e eles não. Hipótese fora de questão. Será que era uma luta de «Gladiadores», também não – a era dos Romanos já acabou há muitos anos. Outra Hipótese fora de questão.

De fato não há uma explicação lógica para o nível de brutalidade a que estás mulheres foram sujeitas. Enquanto espancavam as mulheres, os agressores a sorriam para a câmara como se estivessem a fazer uma boa ação. Pensaram eles que estão no tempo da inquisição e que se pode usar a violência para punir a prática de roubo? Uma questão que só eles podem responder.

É insólito estes crimes bárbaros acontecerem em pleno século XXI, uns justificam-se com a própria cultura, outros a própria justificação desconhecem. O certo é que já foram cometidos inúmeros crimes contra a humanidade – O Holocausto Judeu ; Massacre em Ruanda e Sangue no camboja entre outros. É tempo de acabar com a violência… é tempo de mudança… é tempo de não continuarmos a dar tiros nos pés.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s