Nacional

Seguro não aceita cortes do Governo

O líder socialista, António José Seguro, qualifica como “inaceitáveis” as medidas que o Governo quer colocar em prática. Seguro falou hoje em Madrid, depois de um encontro com o seu homólogo espanhol, Alfredo Rubalcaba, e afirmou não faz sentido cortar 4 mil milhões de euros nas funções sociais do Estado.

Socialista falou à margem de uma conferência em Madrid(Fotografia da página oficial do facebook)

Socialista falou à margem de uma conferência em Madrid
(Fotografia da página oficial do facebook)

“Eu confio muito no juízo dos portugueses e aquilo que os portugueses exigem do primeiro-ministro é que fale menos e faça mais. O primeiro-ministro chegou a primeiro-ministro prometendo coisas completamente diferentes do que está a fazer neste momento”, disse à agência Lusa o líder do PS.

Acrescentou, ainda, que é preciso que Pedro Passos Coelho “fale menos e faça mais” e que é necessário que o Governo resolva os problemas dos portugueses. “Quando as pessoas precisam de políticas públicas e do Estado social é que se prepara (o Governo) para fazer um corte, por opção dele, de 4,000 milhões de euros, na saúde pública, na educação pública e na proteção social? Isto é inaceitável”, comentou.

Seguro não deixou escapar a oportunidade de reforçar a ideia de que a consolidação orçamental deve ter como prioridade o emprego e o crescimento económico.

António José Seguro está em Madrid, com os líderes socialistas espanhol e francês, para participar num debate sobre o futuro da Europa.

Patrícia Silva

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s