Nacional

Militares chamados ao trabalho

O Ministério da Defesa decidiu mandar trabalhar os militares portugueses que já estavam na reserva. Reduzir gastos na Defesa, que podem chegar aos 200 milhões de euros, é a justificação para esta medida.

Ministério da Defesa quer poupar 200 milhões com esta medida(Fotografia do morguefile.com, por Sheron2482)

Ministério da Defesa quer poupar 200 milhões com esta medida
(Fotografia do morguefile.com, por Sheron2482)

O Jornal de Notícias teve acesso a um documento de trabalho do Ministério da Defesa no qual estão publicadas as razões que levaram o ministro Aguiar-Branco a chamar ao trabalho militares que estavam na reserva.

Uma das justificações prende-se com o facto de já terem saído dos quartéis mas continuarem a receber um salário igual ao que recebiam enquanto trabalhavam. Os militares na reserva têm, também, direito ao subsídio da condição militar.

Este documento vai hoje ser levado a Conselho de Ministros e, se a medida for aprovada, os cortes nas despesas podem chegar aos 200 milhões de euros.

Em 2013, prevê-se que 3,744 militares passem do Quadro permanente para a reserva, mantendo salários e direitos. O documento prevê que estes militares sejam colocados em tarefas administrativas, para as quais ainda estão capacitados, o que, segundo o JN, “permitirá suportar a redução de quadros civis (em 30%) e militares, de cerca de 40 mil para 30 mil homens.”

Aguiar-Branco também quer mexer nas Forças Armadas e pretende criar uma reserva de cinco mil militares, que mantêm a capacidade operacional, e estarão sujeitos a testes médicos e físicos uma vez por ano. Estes militares, que formam, assim, um contingente de apoio a operações no exterior ou situações de catástrofe, receberão dinheiro pela disponibilidade apresentada, um montante que pode ser “um ordenado mínimo nacional ou outro valor.”

Patrícia Silva

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s