Eco

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”

Urna Bios gera nova vida(fonte:http://www.martinazua.com)

Urna Bios gera uma nova vida
(fonte:http://www.martinazua.com)

A chamada –Urna Bios– criada por dois designers espanhóis, Martín Azúa e Gerard Moliné, tem a forma de um cone e pode acolher cinzas humanas que depois de enterrada, com a adição de qualquer semente, rebento ou planta, dará origem ao nascimento de uma árvore. É uma urna biodegradável, constituída por materiais de origem vegetal, nomeadamente, casca de côco, turfa compactada e celulose que não prejudica o solo.

Esta inovação pode ajudar de alguma forma, no conforto da mágoa de quem perdeu alguém. A morte pode não ser essencialmente um fim, as memórias perpetuam-se naquilo que a pessoa considere ser a lembrança de quem já não está presente.

Plantar uma árvore, em vez de colocarmos vasos ou ramos de flores que têm que ser constantemente substituídas, pode ser uma maneira de fazer homenagem à pessoa falecida e criar-se a perspetiva de continuidade de uma nova vida depois da morte. É um último adeus, mais presente, que ajuda a camuflar essa ausência, podendo também ser encarado como uma alternativa diferente de fazer o luto.

Andreia Rodrigues

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s