Nacional / Notícias

Sindicato dos Jornalistas acusa a RTP de estar “ferida de ilegalidade”

Alfredo Maia, presidente do Sindicato do Jornalistas (SJ), disse ontem (25) que a reestruturação da RTP não está a ser bem conduzida.

Reestruturação da RTP pode implicar o despedimento de 600 trabalhadores

Reestruturação da RTP pode implicar o despedimento de 600 trabalhadores
(Fonte: site oficial da RTP1)

Miguel Relvas confirmou ontem, quinta-feira (25), o adiamento da privatização da RTP, afirmando que a reestruturação da televisão pública vai custar 42milhões de euros e que o processo vai ser “muito exigente e doloroso”, segundo o jornal Público.

Para o presidente do SJ, este adiamento deve-se à pressão dos canais privados e de um “fortíssimo movimento da opinião pública”. Alfredo Maia acusa o processo de privatização da RTP de estar “ferido de ilegalidade”, pois as organizações representativas dos trabalhadores ainda não foram ouvidas, o que, na opinião do presidente, “devem ser ouvidas numa fase ainda precoce”, não estando envolvidas no processo de reestruturação.

O plano de reestruturação deverá estar pronto nos próximos dias e poderá contar com o despedimento de 600 trabalhadores, números avançados pelo Diário Económico ontem, mas que ainda não há confirmação.

Mariana Paiva Cardoso

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s