Nacional

ARSC nega inutilização de vacinas

O relato do Sindicato dos Enfermeiros, que afirma que várias vacinas ficaram inutilizadas pela falta de energia, foi negado pela Administração Regional de Saúde.

Prejuízo seria de milhares de euros(Fonte:  http://paginaglobal.blogspot.pt/)

Prejuízo seria de milhares de euros
(Fonte: http://paginaglobal.blogspot.pt/)

Na passada quarta-feira, uma falha de energia elétrica provocada pelo mau tempo levou a problemas no sistema de refrigeração de vacinas que, segundo o sindicato dos Enfermeiros, teriam ficado inutilizadas.

Paulo Anacleto, membro da direção do sindicato dos Enfermeiros, explicou que a ausência de geradores nos centros de saúde afetados pelo mau tempo ou a ausência de combustível para garantir o seu funcionamento “quebrou a cadeia do frio das vacinas, que necessitam de uma temperatura adequada”.

A situação, denunciada pelo SEP, foi no entanto negada pela Administração Regional de saúde que afirma que “as situações decorrentes da falta de energia causada pela recente intempérie foram prontamente resolvidas com a colaboração das forças locais”, acrescentando que todos os agrupamentos de centros de saúde estão preparados para resolver “de imediato quaisquer anomalias”.

Joana Freixo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s