Internacional / Notícias

Poluição excessiva em Pequim

A capital chinesa ultrapassou níveis de poluição considerados perigosos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A visisibilidade em Pequim é quase nula(Fonte: Morguefile por twocentsmore)

A visibilidade em Pequim é quase nula
(Fonte: Morguefile por twocentsmore)

Este fim-de-semana registaram-se, em Pequim, valores de poluição muito acima do recomendado pela OMS, sendo a qualidade do ar considerada perigosa para a saúde.

Pequim é conhecida como uma cidade em que é habitual ver as pessoas andarem na rua com máscaras de proteção, devido à sua poluição. Mas nos dias 12 e 13 de Janeiro, os medidores da qualidade do ar registaram valores perigosos para a saúde pública. Segundo a OMS, as partículas de poluição não devem ultrapassar os 25 microgramas por metro cúbico. Neste fim-de-semana, a capital chinesa registou valores entre 400 e 993 microgramas, em diferentes partes da cidade.

Foi aconselhado aos habitantes não saírem de casa, as crianças em idade escolar não puderam sair da escola e foram registados vários casos de problemas respiratórios. Cerca de 30% da população residente em Pequim, dirigiu-se aos hospitais da capital.

Segundo as autoridades chinesas, esta segunda-feira, os valores desceram para os 350 microgramas, mas ainda assim pediram aos habitantes para permanecerem em casa e não praticarem atividades físicas intensas.

A procura por máscaras e purificadores de ar disparou nestes dias. Segundo a Associated Press (AP), no hospital de Shijitan, na capital chinesa, foram diagnosticados aos pacientes, bronquites crónicas e asma, entre outros problemas respiratórios. “Como as partículas são relativamente finas podem ser diretamente absorvidas pelos pulmões. A capacidade das vias respiratórias em bloqueá-las é relativamente fraca e as bactérias e os vírus contidos no pó podem entrar diretamente nas vias respiratórias”, disse à AP, Huang Aiben, médico no hospital.

A rápida industrialização do país é apontada como a causa para os elevados níveis de poluição. Em 2012 a população pressionou o governo a divulgar os valores.

Os níveis de poluição, registados no último fim-de-semana, ocorreram por falta de vento devido a uma vaga de frio, que dificultou a sua dispersão. Muitos meios de comunicação social chineses alertam o país para a necessidade de haver um equilíbrio maior entre o desenvolvimento industrial e a qualidade de vida.

Mariana Paiva Cardoso

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s