Nacional

Jornalistas com restrições no debate sobre a reforma do estado

Sofia Galvão, ex -dirigente do PSD, justificou as restrições à cobertura jornalística da primeira conferência sobre a reforma do estado, realizada no Palácio Foz, em Lisboa, como sendo de “natureza do debate”.

O debate sobre a reforma do estado começou de forma inesperada com o comunicado da ex-dirigente do PSD, Sofia Galvão, garantindo que: “Não haverá registos de imagem e som, senão nesta sessão de abertura e na de encerramento. A permanência de jornalistas na sala pode manter-se, mas não haverá citações de nada que aqui seja dito, sem expressa autorização dos citados. Estas são as regras que um debate desta natureza teve que impor e que foram percebidas e aceites pela comunicação social”.

Com este comunicado à imprensa, a maioria dos jornalistas presentes na cobertura do evento, entre os quais da Agência Lusa, da TSF, da Antena 1 e do jornal Público, decidiram não aceitar as restrições, optando por sair da sala.

Segundo uma colaboradora da organização do debate, aos jornalistas presentes, no final do dia, poderia ser disponibilizado um “clip de uns minutos”, produzido pelo Portal do Governo, com alguns excertos dos painéis de debate.

João Valentim

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s