Internacional

Sarkozy investigado por alegada violação de segredo

Nicholas Sarkozy, antigo Presidente francês, vai ser investigado por alegada cumplicidade de violação do segredo quando o Eliseu divulgou um comunicado sobre o atentado de Carachi, no Paquistão.

 

                                                            Antigo Presidente francês está a ser inventigado

Após uma queixa feita por familiares das vítimas do atentado de Carachi, no Paquistão em 2002, na qual acusavam o ex-presidente de “violação de sigilo de inquérito judicial”, surge agora esta investigação sobre Sarkozy.

Os familiares apresentaram uma queixa contra o ex-presidente na sequência de um comunicado em que se afirmava que “no que diz respeito ao assunto de Carachi, o nome do chefe de Estado não consta de qualquer elemento do dossiê”.

Duas famílias das vítimas do atentado, de dia 8 de maio de 2002, formularam a queixa.

No atentado morreram 11 empregados da direção de construção naval francesa.

A queixa consiste numa denúncia dos termos utilizados pela presidência num comunicado divulgado a 22 de setembro de 2011 sobre a investigação à vertente financeira do caso.

O comunicado foi divulgado pouco tempo depois da acusação de dois colaboradores de Nicolas Sarkozy, Thierry Gaubert e Nicolas Bazire.

Catarina Castro

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s